fbpx

Médica alerta sobre os danos que os fogos de artifícios causam aos autistas

A médica psiquiatra, presidente da AMAB, Sabrina Coutinho, fez um alerta para os danos causados pelos fogos de artifícios aos autistas. Por meio de uma situação fictícia, ela traduziu a sensação de terror que invade muitos portadores de Autismo, quando essa ação é realizada. Conforme explicado pela médica, muitos indivíduos acometidos pelo espectro, possuem uma hipersensibilidade sensorial, ou seja, é como se tivessem um amplificador dentro dos seus sentidos, e nessa situação específica, no caso os ouvidos, fazendo com que ouçam o som bem mais alto do que as pessoas que não tem o transtorno ouvem. Além disso, ela reiterou que os portadores de autismo também possuem uma dificuldade em interpretar o contexto das situações e não entendem que aquele barulho são fogos e que a intenção é comemorar. Ao ouvir um som altíssimo e sem entender o contexto, eles sentem medo, se desorganizam e as consequências são imprevisíveis. Podem ter um choro angustiado, se machucarem ou serem agressivos com quem está ao seu lado. Sabrina ainda completou “Por isso, por uma questão de empatia e compaixão, comemorem sem fogos de artificio! Os autistas não têm como alterar a sua hipersensibilidade sensorial, mas nós podemos modular o nosso egoísmo e comemorarmos juntos, sem que a nossa alegria cause a dor em nosso próximo”.

Acesso em: https://barbacenaonline.com.br/medica-alerta-sobre-os-danos-que-os-fogos-de-artificios-causam-aos-autistas/

Deixe uma resposta

Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support
});